Como fortalecer os ossos

A estrutura óssea humana está em constante renovação, mas alguns fatores podem impedir que o nosso corpo absorva todos os nutrientes necessários para garantir a boa formação dos ossos. Fisiologicamente, “ossos velhos” são digeridos por células chamadas de osteoclastos, que depois de realizarem a sua parte no processo, cedem espaço para os osteoblastos, células reconstrutoras que renovam as porções ósseas que foram eliminadas. Pois é, esse processo é constante e equilibrado, de forma que os ossos sempre estejam renovados.

No entanto, um fator natural, o envelhecimento, quebra o equilíbrio nesse processo de reconstrução e a partir dos 30 anos de idade, os ossos perdem sua densidade, em torno de 3 a 5 mm por ano. Além disso, algumas doenças específicas, o sedentarismo, déficit na absorção de cálcio e vitamina D, menopausa precoce, uso de medicamentos por tempo prolongado, abuso na ingestão de álcool, entre outros, também aumentam a velocidade do processo de degeneração.

Como fortalecer os ossos

Agora que você já sabe como funciona o processo de renovação dos ossos, saiba o que deve ser feito para fortalecê-los quando esses estiverem fracos. A principal fonte externa de nutrição óssea é proveniente da alimentação, daí a a importância de mantermos um cardápio rico em vitamina D e cálcio. Para quem já possui uma redução na densidade óssea, seja na forma de uma osteopenia leve ou como uma osteoporose mais severa, indica-se o uso de suplementos de cálcio, encontrados em farmácias e casas de produtos naturais.

O cálcio é indispensável para a mineralização do osso, quando há uma queda nos níveis do mesmo no organismo, os ossos ficam mais fracos e propensos à fraturas. Presente no leite, em laticínios em geral, como queijos e iogurte, couve, brócolis e sardinha, o mineral deve fazer parte da nossa alimentação desde cedo e em maior proporção à medida que envelhecemos.

Além do cálcio, também devemos aumentar a oferta de vitamina D ao organismo. Encontrada em diversos alimentos, a produção da vitamina também é estimulada pela exposição da pele ao sol. Há maiores concentrações da vitamina D no óleo de fígado de bacalhau, ostras, peixes, ovo cozido, carne bovina e no leite. A síntese óssea também é estimulada com o impacto, assim recomenda-se a prática de atividades físicas de forma regular, além de caminhadas e exercícios aeróbicos.

20/09/2013, em Saúde

Comentário

Copyright © 2008 - 2014 — Resumo do Dia | Layout by Resumo do Dia