Como pagar INSS autônomo

pagar inss autonomo

Para garantir a aposentadoria, bem como outros benefícios que são direito de todos os trabalhadores que contribuem com a Previdência Social, o trabalhador autônomo e outros profissionais que prestam serviços temporários em diversas empresas, sem possuir vínculo empregatício com as mesmas, podem se inscrever e pagar como contribuinte individual. O mesmo pode ser feito por todos aqueles que não têm renda própria como estudantes, donas-de-casa e desempregados podem se tornar segurados e pagar na categoria de contribuinte facultativo.

Como pagar o INSS autônomo

Trabalhadores autônomos podem filiar-se ao RPGS – Regime Geral de Previdência Social, pagando mensalmente ao INSS, no mínimo 20% do salário de contribuição, independentemente da data de inscrição. Entende-se por salário de contribuição para o segurado contribuinte individual, como a remuneração recebida em uma ou mais empresas ou pelo exercício de suas atividades por conta própria e para o segurado facultativo, como o valor por ele declarado durante o mês. Nos dois casos, deve ser respeitados o limite mínimo e máximo do salário de contribuição estabelecidos pela Previdência.

Muitos trabalhadores que exercem atividades por conta própria, como vendedores, feirantes, profissionais liberais, artistas, artesãos e muitos outros, não sabem da importância de pagar a sua contribuição ao INSS e quando chegam em uma idade em que já não podem mais trabalhar, solicitam a aposentadoria e têm o seu pedido negado ou precisam esperar anos até comprovarem que não possuem condições de se sustentar sozinhos.

A Previdência Social é um seguro para todos os brasileiros, garantindo a renda do contribuinte e de sua família em casos de doença, acidente, gravidez, prisão, morte ou velhice. Além disso, oferece vários benefícios que juntos garantem tranquilidade para as mais diversas situações que nos surpreendem no presente e em relação ao futuro assegurando um rendimento seguro. Porém, para ter direito a essa proteção é necessário se inscrever e contribuir todos os meses, por isso, você trabalhador autônomo compareça a uma agencia da Previdência em sua cidade e faça a sua inscrição!

03/08/2010, em Utilidades

2 Comentários

  • Carlos
    24/01/2011 at 8:24 pm

    Perdi meu emprego há cerca de um ano. Recebia por volta de 1.500,00 mensais (com carteira assinada). Segundo cálculos feitos no site da Previdência, faltam aproximadamente 8 anos para que eu me aposente. Em virtude de minha idade atual (49 anos), temo não conseguir arrumar emprego, mas gostaria de continuar a contribuir de modo a não prejudicar minha futura aposentadoria. Qual caminho devo seguir sem erros?
    Desde já, agradeço.

  • fernanda
    09/07/2011 at 1:15 pm

    tenho 25 anos e trabalho como diarista e sem carteira assinada,
    queria saber como faço para pagar o inss e não me prejudicar na hora de me aposentar.

Comentário

Copyright © 2008 - 2014 — Resumo do Dia | Layout by Resumo do Dia