Estômago alto – O que fazer, Como tirar

A expressão “estômago alto”, comum em pessoas que sofrem com prisão de ventre ou com outras situações que levem a um aumento da região abdominal, nada mais é que o acúmulo de gordura na região abdominal epi e mesogástrica, que na maioria das vezes também é acompanhada de distensão da parede abdominal nesta região.

Esse aumento de volume visível na área que compreende o estômago também é comum em gestantes ou que tiveram filhos recentemente. Neste caso, a distensão abdominal ocorre por conta da diástase, “separação”, do músculo reto abdominal que ocorre em graus variados na maioria das mulheres grávidas, permitindo assim que o estômago fique mais proeminente na região abdominal.

Como fazer para “tirar” o estômago alto

Estômago alto - o que fazer, como tirar

Nos dois casos, o estômago alto pode ser revertido com o fortalecimento da musculatura que reveste e dá sustentação aos órgãos situados na cavidade abdominal. Assim, exercícios específicos para o reto abdominal, bem como para o músculo transverso do abdome são altamente indicados.

Entre outras recomendações, quem tem estômago alto deve cuidar e fazer o possível para manter uma boa alimentação. O ideal é que sejam realizadas de quatro a cinco refeições por dia, em horários fixos e com moderação, lembrando sempre de comer devagar e mastigar bem os alimentos, para facilitar a ação digestiva. Outra dica é aumentar o consumo de frutas, verduras e grãos integrais, ricos em fibras, ao mesmo tempo em que reduz o consumo de alimentos gordurosos, salgados e doces.

Os alimentos funcionais são grandes aliados na redução da distensão abdominal, uma vez que os mesmos são ricos em fibras que aumentam a saciedade e diminuem o consumo de alimentos. Outra opção é o chá verde, que graças a ação dos polifenóis além de atuar como diurético podem aumentar a termogênese, facilitando a queima de calorias. Aproveite as dicas e siga todas as recomendações para tirar o estômago e voltar a ter a mesma barriga de antes.

19/08/2011, em Saúde

Comentário

Copyright © 2008 - 2014 — Resumo do Dia | Layout by Resumo do Dia