Goleiro Bruno, do Flamengo, é preso

goleiro bruno flamengo é preso

O goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes Souza foi preso esta semana como o principal suspeito do assassinato da sua ex-namorada, Eliza Samudio, que ainda está desaparecida há mais de 1 mês. Bruno e o amigo, Luiz Henrique Ferreira Romão, mais conhecido como Macarrão, se entregaram a polícia e já foram transferidos para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

A polícia do Rio de Janeiro, decretou a prisão temporária do goleiro após o depoimento de um adolescente que se estava na casa de Bruno e confirma a participação direta do mesmo e de seu amigo Macarrão no assassinato de Eliza. De acordo com o depoimento do menor, que ajudou na investigação e no esclarecimento de muitas dúvidas, Macarrão teria pedido a ele que levasse Eliza ao sítio de Bruno em Minas Gerais, no caminho, Eliza teria reagido mas recebeu três coronhadas na cabeça e permaneceu no local já combinado pelos assassinos, até ser levada a um outro lugar.

O adolescente conta ainda que, a pedido de Bruno e Macarrão, um homem chamado Neném matou Eliza friamente e jogou uma das mãos dela para os cachorros comerem. Muitos outros detalhes também foram esclarecidos e, segundo a polícia, apesar de o jovem ter caído em contradição algumas vezes, o seqüestro e posterior assassinato de Eliza Samudio, já possui dois responsáveis detidos: Bruno e Macarrão. Entretanto, o corpo da ex-namorada do goleiro ainda não foi encontrado, a polícia investiga alguns lugares por onde o adolescente diz ter passado, mas ainda não há nenhum vestígio.

Como a prisão de Bruno é temporária e ainda não foram encontradas provas contundentes do crime, que no caso seria o corpo de Eliza, apenas o depoimento do adolescente não é relevante para manter Bruno e Macarrão presos, por isso o advogado, Ércio Quaresma, já anunciou o pedido de Hábeas Corpus para o ex-goleiro e seu amigo.

09/07/2010, em Notícias

Comentário

Copyright © 2008 - 2014 — Resumo do Dia | Layout by Resumo do Dia