Guerra no Rio de Janeiro contra o tráfico – Balanço

Guerra no Rio de Janeiro contra o tráfico - balanço

A guerra travada contra o tráfico no Rio de Janeiro está sendo repercutida em todas as regiões do Brasil e do mundo, em um balanço divulgado recentemente pelas autoridades do estado, foram mais de 102 veículos queimados, 37 pessoas mortas e 118 presas. Além disso, os policiais militares, civis e federais envolvidos já capturaram centenas de armas poderosas, artefatos explosivos, gasolina, álcool e toneladas de drogas nas comunidades invadidas.

A Vila Cruzeiro foi a porta inicial das autoridades do Rio de Janeiro, os policiais ocuparam e cercaram a favela, forçando os traficantes a se entregarem ou saírem do local. A comunidade praticamente parou, escolas fecharam as portas temporariamente, o comércio não abriu e a maiorias das pessoas que não queriam arriscar as suas vidas se trancaram em casa. A medida tomada pelo governo do Rio e que teve a aprovação da presidência da República, é vista por todos como satisfatória, especialmente para as pessoas que viviam aterrorizadas dentro de suas próprias casas.

Mais de 800 militares foram recrutados de outros estados do país, além de equipamentos e carros da Marinha e da Aeronáutica, tudo para encurralar os traficantes que já fugiram para o Morro do Alemão.  A intenção das autoridades é implementar uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na localidade e assim, evitar que após algum tempo os traficantes voltem a perturbar a paz estabelecida. Os ataques ocorreram entre os dias 22 e 28 de Novembro, desde então temos acompanhado na televisão, jornais e rádio todos os avanços conquistados entre trocas de tiros e mortes de pessoas inocentes.

A intervenção é válida no sentido de livrar a comunidade do comando dos traficantes, oferecer liberdade de expressão para estes cidadãos e limpar o Rio de Janeiro do tráfico que ganha espaço cada vez mais. Vamos aguardar e torcer para que os efeitos sejam duradouros e as pessoas voltem a ter paz.

01/12/2010, em Notícias

Comentário

Copyright © 2008 - 2014 — Resumo do Dia | Layout by Resumo do Dia