Mudar de nome após casamento

Trocar o nome de solteira e acrescentar o sobrenome do marido é uma das grandes dúvidas das noivas que ainda restam antes do casamento. O que antes era obrigatório por lei, hoje é uma opção que pode ser aceita ou não pelas esposas, além disso uma nova escolha foi acrescentada, o marido também pode adicionar o sobrenome da esposa se for de sua vontade. Sem dúvidas, essa é uma decisão importante e que deve ser tomada pelo casal, uma vez que não envolve apenas a vontade de um ou de outro, toda a família será envolvida.

Para os mais tradicionais, a decisão contrária a adição do nome do cônjuge pode parecer uma atitude negativa e representar uma falta de compromisso e desinteresse em fazer parte da família. Por outro lado, não trocar o sobrenome também pode representar uma maneira de manter sua identidade própria e encorajar o respeito à individualidade.

Mudar de nome casamento

Pois é, há ainda aqueles que vem a mudança no nome da mulher como uma atitude machista, enquanto outros vêem como um sinal de amor e compromisso entre os dois. Independente das opiniões que se tenham a respeito do assunto, o mais importante é que o casal converse bastante e tentem chegar a um acordo em relação a mudar ou não o nome após o casamento para que isso não se torne um problema no futuro.

A mudança dos documentos não é um processo muito burocrático e não precisa necessariamente ser feito logo depois do casamento. É possível também retornar ao nome de solteiro após a mudança, caso o casal se divorcie ou mudem de idéia a respeito do assunto, bem como acrescentar o nome do cônjuge após alguns anos de casado. No entanto, para quem pretende passar a vida ao lado de outra pessoa, tomar algum tempo para conversar e tomar uma decisão segura sobre este assunto não custará muito.

09/10/2011, em Variedades

Comentário

Copyright © 2008 - 2014 — Resumo do Dia | Layout by Resumo do Dia