Reajuste aluguel 2014

Desde o início do ano, milhares de brasileiros que moram em imóveis alugados já se preocupam com o aumento do preço que acontece anualmente. O reajuste do aluguel em 2014 é calculado com base no Índice Geral de Preço de Mercado – IGPM, que regula o preço dos aluguéis dos imóveis todos os anos, seguindo o período de vigência do contrato. O índice é calculado mensalmente e em Dezembro fechou com uma porcentagem menor em relação a meses anteriores. Nas imobiliárias, o índice ficou em 5,51%. Mesmo assim, corretores afirmam que a inflação do aluguel acumulado dos doze meses em 2013 ainda foi maior que o do ano anterior.

Além do aumento no índice, o valor do aluguel em 2014 sofre influência direta da relação procura e oferta em cada cidade. Um exemplo claro disso é o aumento do valor do aluguel em São Paulo, que tem subido bem acima da inflação. De acordo com o Sindicato de Habitação de São Paulo, o preço do aluguel dos apartamentos e casas aumentou 8,93% em um ano, valor que é proporcionalmente maior que o aumento do IGP-M para  o mesmo período.

Reajuste aluguel 2014

Se a tendência de aumento seguir a mesma linha do ano passado, os imóveis que mais subiram de preço serão os apartamentos de um quarto, seguidos pelos os de dois quartos e depois os de três quartos. Quem já mora em um imóvel alugado, a dica é fazer uma previsão do reajuste do aluguel utilizando o IGP-M, mas estando ciente de que esse valor poderá aumentar ou diminuir a depender da decisão do locador.

A dica para quem ainda não escolheu o imóvel onde vai morar, mas já sabe que será através de aluguel, é pesquisar bastante antes de fechar negócio. Escolhido o imóvel, leia atentamente o contrato e observe se há previsão de reajuste anual, se houver, procure pelos índices utilizados para readequação do valor.

12/01/2014, em Utilidades

Comentário

Copyright © 2008 - 2014 — Resumo do Dia | Layout by Resumo do Dia