Reajuste da gasolina em 2013

A gasolina sofrerá um reajuste em 2013. A noticia já foi confirmada oficialmente pelo ministro Guido Mantega, que na ocasião disse que não há data definida para o aumento do preço, mas que o acréscimo não é nada excepcional, uma vez todos os anos a Petrobras determina um novo reajuste. No final de Junho, a Petrobras anunciou um aumento do preço dos combustíveis cobrados nas refinarias. Para a gasolina o aumento foi de 7,83%, e para o diesel, de 3,94%. Entretanto, o que aconteceu foi que o Ministério da Fazenda isentou a comercialização destes combustíveis da cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico – Cide e os preços, com impostos, cobrados das distribuidoras e pagos pelos consumidores no final não tiveram nenhum aumento. Mas, agora como a Cide já está zerada, um novo reajuste seria necessariamente repassado para os preços ao consumidor.

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, também se pronunciou sobre o assunto e comunicou que não há previsão para aumento de combustíveis, mas confirmou que mesmo que não seja a curto prazo, haverá sim uma alta nos preços dos combustíveis.

Reajuste da gasolina em 2013

O aumento do preço da gasolina mexe com o orçamento familiar e com todo o mercado de combustíveis e outros, por isso o Mantega disse que se eu soubesse quanto e quando o reajuste acontecerá, não nos daria essas informações. Na oportunidade, o mesmo afirmou ainda que o governo ficará de olho “em todas as variáveis”, porque o preço do óleo no mercado internacional pode cair.

A economia brasileira também foi um dos assuntos associados ao reajuste do valor da gasolina. Com o aumento do Produto Interno Bruto – PIB, a economia deverá crescer 4% e o setor privado terá mais estímulos. É esse crescimento que deverá ajudar o país a caminhar na direção do cumprimento do superávit primário, economia do governo para pagar os juros da dívida pública em 2013.

27/12/2012, em Variedades

Comentário

Copyright © 2008 - 2014 — Resumo do Dia | Layout by Resumo do Dia